Seguidores

domingo, 24 de janeiro de 2016

Alma


Alma


Nas águas da alma tão eterna
A vibração evoca  paz que aderna
Enquanto no ralo escoa a sombra
Estende-se um suspiro na alfombra.

Nas águas da alma a paz impera
A solidão benfazeja sorri na aura
Deixa -se levar o tempo temeroso
Relaxa em movimento perigoso.

O cotidiano na alma é tempestade
Chuva ácida reagindo a vivacidade
A impávida lição se rende silenciosa.

Então condiz na alma a sua vontade
Reinando poderosa na eternidade
A existência  que aprimora graciosa.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®




domingo, 10 de janeiro de 2016

Trovador


Trovador

Imprescindível ver as palavras   atuantes
Quando   o amor as retrata são exuberantes
Lançando   instinto a iluminar a voz sagrada
No desejo se lançam ao alto como revoada.

Imprescindível tocar as folhas do papel
Levando sílabas esquecidas no farnel
 Risca as emoções nas linhas do pecador
Tal e qual alma carrega a lágrima do amor.


A palavra é paixão doçura eloquente
Uma chuva revigorando a pele no verão
Uma estrela caindo rasante no condão.

Alma busca o silêncio dia e noite incessante
A saudade   na montanha é a luz do clamor
A música dos rios materializa a Palavra... Trovador.



Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®