Silencio D'Alma



Silencio D'Alma


 Um doce silencio na voz do piano
O íntimo  desabrochando o noturno
As mãos  acariciando o passado embala
Detalhes da alma que fala  tantas falas.

O som vai adentrando como   chuva caindo
O intimo é gracioso e faz sorrisos dedilhando
Na folha pálida desgoverna pensamentos
Rabisca movimentos dos sentimentos.

O piano  contorna a alma, letra bailando
Dando asas as vontades  relembrando
O tempo vertente em que se amaram.

As pontes fazem acordes dando laços
Alma recria alegrias  abraçando pedaços
Passam lembranças que já naufragaram.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®






Comentários

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê

Mãos e Pés Azuis