Sereia e o Mar



Sereia e  Mar

Em ti pensei como sendo o azul do mar
Olhei na areia senti o teu calor no ar
A tua espuma veio de mansinho me beijar
Despi-me e nas tuas ondas entrei para ficar.

Nas altas ondas e no teu querer me transmutei
Para ti sereia nas profundezas me transformei
Cauda de letras e a boca rubi assim fui agarrada
Busquei teus braços e para o fundo fui carregada.

Senti o gosto visceral, o sal da tua energia.
Queimei de paixão no vulcão da tua agonia
Via as estrelas além das nuvens passeantes
Senti que contigo nas águas viver é alucinante.

No teu mundo lírico, mar de amor e encantamento
            Sou sereia de poesia, a ti com letras em sentimento.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Comentários

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê