Seguidores

domingo, 24 de março de 2013

Humildemente Humana



Humildemente Humana


Quem somos neste universo formidável?
Somos mistos de coração e de razão
Somos força e fragilidade, imaginação.
Sonho infindável na hora incansável...

Quem somos nós gerenciando o dia ideal?
Os mares nos levam a sede das decisões
A mesma maratona com diferentes ações
Dirigindo o leme ao sabor da onda vital.

Quem além das sombras, além das lacunas?
As mesmas aves que buscam a nova estação
Não por escolha, mas pela indubitável ação.
Do destino que nos molda, somos iguais as dunas...

As nossas mãos trazem as linhas, o olhar a ventura.
A nossa voz o guia, o canto da vida que atua diligente.
Somos nós os seres viajantes de épocas diferentes
Do passado ao agora, rumo ao futuro com bravura.

Somos nós humanidade de ontem, de hoje e de amanhã.
Humilde vida afora na incessante evolução de novas manhãs.


Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



domingo, 3 de março de 2013

Baobá - Árvores em Haikai

 
 
 
 
 
Tradução feita
 pelo
 Poeta Juan Olivas
 do Fórum Poesia Pura
 
 
 
"Oh, Baobá florece

con la noche que te aguarda

árbol sagrado"...