Divino Menestrel


Divino Menestrel

 Será tu o cavaleiro da madrugada,
Trazendo os sonhos azuis de vanguarda
Que estende tuas mãos me despertando
Nas cordas do teu violão cantarolando?


Será tu o Divino menestrel do castelo
Onde a telas contam estórias de anelos,
Dos romances em versos sedutores,
E acalentam os dias de ilusão de amores?


Será tu cálice inspirador da página favorita
Que me acompanha na afável messe,
E transborda alma e corpo na estese?


Juro beijos de poesia na tua criação infinita
Como a lua espera o sol no arco sideral,
O vitral que revela a luz em tua Catedral.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®






Comentários

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê