Eu estou a um passo de ti Poesia!


Eu estou a um passo de ti Poesia!

Em minhas mãos luvas brancas e no pensamento as tintas do universo.
Na música quero descobrir como chegar à quietude.
 Quero ver como minha calma vai gerar os mecanismos na persistência.
 Eu quero ver os meus dedos se alongando e o meu olhar brilhando com a instigante busca, vou ainda sorrir.

Nas letras quero um céu de estrelas para observar apenas o Poeta dormindo, com os versos caindo nas mãos.
Vou sorrir quando ele acordar nu, com os lençóis de palavras tentando se enrolar.
Vai ser divertido ver o Poeta surpreendido no meio da cama , no raiar do dia com a porta do coração aberta.

Quero um gosto de sol, água da chuva, o mar sorrindo na boca do trovão.
 O ar feito purpurina voando na língua do vento com as falas do dragão.

Eu me esforço, me surpreendo, estou continuamente aprendendo, luto e avanço, pois sou verdade em mim mesma.

Sei que o veredito final é sempre do silêncio e a palavra muda é muito esperta, mas continuo a jornada na vinha seleta.

Gosto das minhas linhas voadoras, do meu amor eterno e da água que jorra em minha ânfora.

Na minha estrada...

Eu estou a um passo de ti Poesia!

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

Tradução feita pelo Poeta Juan Olivas,do Fórun Poesia Pura,
a quem agradeço de coração
pelo trabalho que une nossos idiomas em Poesia.



Estoy a un paso de ti Poesía!

En mis manos guantes blancos y en el pensamiento las tintas del universo.
En la música quiero descubrir cómo llegar a la quietud.
Quiero ver como mi calma genera los mecanismos en la persistencia.
Quiero ver mis dedos alargándose y mi mirada brillandocon la estimulante búsqueda, voy aún a sonreír.

En las letras quiero un cielo de estrellas para observar sólo el Poetadurmiendo, con los versos cayendole en las manos.
Voy a sonreír cuando él despierte desnudo,
con las sábanas de palabras intentando cubrirse.
Va a ser divertido ver el Poeta sorprendido en medio de la cama ,al rayar del día con la puerta del corazón abierta.

Quiero un gusto de sol, agua de la lluvia, el mar sonriendo en la boca del trueno.

El aire hecho purpurina volando en la lengua del viento con las hablas del dragón.

Yo me esfuerzo, me sorprendo, estoy continuamente aprendiendo,luto y avance, pues soy verdad en mí misma.

Sé que el veredicto final es siempre del silencio y la palabra mudaes muy despierta, pero continúo la jornada en la viña selecta.
Gusto de mis líneas voladoras, de mi amor eterno y de el aguaque corra en mi ânfora.

En mi camino...

Yo estoy a un paso de ti Poesía!

Comentários

  1. Bom dia Marli Franco, seu Blog é belíssimo, só perde para sua criação, que sem dúvidas, tem um encanto especial e muitos fãs, que como eu, adoram aprender com você...
    Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

    ResponderExcluir
  2. Olá Marli,

    Seu blog etá um show. Muito bonito e de muito bom gosto. òtimos poemas.

    Um abraço
    Edimo Ginot

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê