Mãos e Pés Azuis

Mãos e Pés Azuis



Escuta a minha voz no silencio do teu sonho, veja o quanto somos muito iguais ainda que você seja o pronome ele e eu ela.
Temos os pés e mãos azuis cor do céu e queremos o mesmo sonho de nuvens cor de desejo volátil.
Somos tão iguais neste mar onde andamos sobre as águas tendo conversas boas da noite cor de verão e de belas madrugadas matiz de sedução.
Temos coisas diferentes também, mas nos gostamos mais ainda nestas coisas diferentes e amamos uma coisa só...
Temos sonhos que ficaram perdidos na estrada e não voltamos para buscar e ambos gostamos de ficar sentados abraçados sob a sombra dos ipês em floradas.
Gostamos um do outro de maneira simples sem nada que complique...
Quando você me deixa carmim com os teus renãos e eu te deixo verde com a minha negação, juntos pecamos e nos perdoamos...
Juntos sorrimos e também ficamos instigados e às vezes acho que na mesma hora já choramos .
Eu já te fiz rir muito e você também me fez sorrir e sorrir e sorrir...
Gosto de você assim como você é. Um tanto bravo, um tanto doce ,um tanto grande e um tantão de gentil e assim eu gosto muito de você.
Gosto de te deixar bravo só para te beijar e ver você em seguida gargalhar.
Amo te provocar só para ver teus olhos brilharem e gosto de chegar atrasada só para te surpreender assim quando me ergues nos braços vejo teu largo sorriso encontrar o meu e juntos felizes vamos à nossa vida de mãos e pés azuis amar a Poesia.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

Comentários

Postagens mais Visitadas

Sutil Feitiço

O céu é de algodão doce.

Tarde Poética

Asas

Perfume de Poesia

O Espantalho

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê