Seguidores

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Se você pudesse, me ver no agora...


Se você pudesse, me ver no agora...

Se você pudesse, me ver no agora ...
Eu estaria com roupagem de ventania,
Invisível voaria em talude continental
Aprendendo o deslocar atemporal.


Se você pudesse, me ver no agora ...
Eu estaria de rubi revestida, viva essência
Com fios e mais fios em veemência
Revelando a paixão do meu alcácer no anoitecer .


Se você pudesse, me ver no agora ...
Eu estaria vestida de chuva,suave e límpida
Meu corpo em tom imaculado e adaptável
Ao teu recipiente de Amor tão inigualável.


Se você pudesse, me ver no agora ...
Eu estaria com as luvas da terra, argila primitiva
Seria escultura em terracota exclusiva
Lembraria a montanha, posição da vida...


Se você pudesse, me ver no agora ...
O meu corpo transmutaria no etéreo
Para atingir a harmonia no campo sidéreo
E ver o dom do Amor eterno na luz da sabedoria.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.