Jardim dos Pessegueiros


Jardim dos Pessegueiros

Te amei nas floradas dos pessegueiros
Com o vento acariciando feito feiticeiro
O sonho de encontrar com tua alma
O sol me aquecendo com toda calma.
Consegui não congelar em algum nevoeiro...

Te amei sem lacunas, sem desembaraços
Recostada no abraço na força do entrelaço
No teu tronco o alicerce, na luz da serenidade
Com o cair das folhas o carinho de toda verdade
No perfume do amor o encontro em nosso terraço.

O teu sorriso surgindo nas águas cantando
Em cada folha caindo as notas instigando
A tua majestade no silencio inspirava
O porte do rei, nos olhos da noite reinava
No beijo da lua, o crepúsculo veio vingando.

O impossível é conjugar o passado
Ao lado do amor o verbo se fez ser alado
E aplicar o verbo esquecer sem sentir é pecado
O jardim dos pessegueiros é  segredo celebrado ...

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.