Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Perfume de Poesia

Imagem
Perfume de Poesia

“Hoje olhei o amor em minha alma Tão belo, tão reluzente fechei a porta Sai sem fazer barulho não quis acordar O amor na minha alma. ”
Havia um perfume inebriando as cortinas Um sol que faz na casa interna sua festança Na varanda o vento brejeiro que alucina Faz graça de gato espreguiçando na tardança.
Haviam canções no assoalho das andanças Sonhos coloridos amanhecidos na lua franca Jogados lá na mesa na sala das lembranças Com a toalha bordada de relva branca.
Hoje, só hoje entendi depois de sair Que vou voltar, quando relógio deixar Ver o amor da minha alma, o elixir Em perfumes de poesia fluir e amar.
Marli Franco Direitos Autorais Reservados®