Seguidores

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Reviver...



Reviver

Ouvi a saudade chamar o amor
Nas asas da noite do clamor
Eu tropecei no meu viver
Nos dois beijando a reviver.

Ouvi e falei contando enredo
Contos   da alma movendo
Encontrei você sem me perder
Simples te amar sem nada pretender.

A poesia chega    de você falando
E eu respondo o desejo no verbo amar
O verbo mais gostoso de escrever e se falar.

E o meu verso foi assim na noite andando
Levando o teu ritmo no meu abraço
Este amor para você  na eternidade refaço.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.