Reviver...



Reviver

Ouvi a saudade chamar o amor
Nas asas da noite do clamor
Eu tropecei no meu viver
Nos dois beijando a reviver.

Ouvi e falei contando enredo
Contos   da alma movendo
Encontrei você sem me perder
Simples te amar sem nada pretender.

A poesia chega    de você falando
E eu respondo o desejo no verbo amar
O verbo mais gostoso de escrever e se falar.

E o meu verso foi assim na noite andando
Levando o teu ritmo no meu abraço
Este amor para você  na eternidade refaço.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Comentários

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê