Seguidores

domingo, 30 de agosto de 2015

Saudade e o Amor


Saudade e o Amor


Ouvindo a tua voz.
 Que carrega nos braços da noite
Escorregando delicias, suaves...
A efêmera sensação
Da passagem livre fluindo nas mãos
 Transmuta-se sem ao menos piscar
 Um tempo lá, outro tempo aqui
Nos dois, comigo a  saudade ...

A saudade não deixa caminhos 

Não deixa nada... 
Vai levando feito uma enxurrada
 Os dias e as noites, de amor ... 
A saudade vai espargindo perfumes
Mirras dos dias findos, aromas especiais dos dias idos...

Um galope desenfreado nas campinas

Cobertas de tantas letras espalhadas
 A saudade formando violetas desordenadas,
 Nas campinas da minha alma a lembrança
Repleta de amor que por ti não se finda....


Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.