Seguidores

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Vagas Horas




Vagas Horas

Encontrei-me entre água e o ar.
Energia do amor e o brilho no olhar
No silencio um verso esgueirando
No coração a flauta serenando.

Mirei a noite escrevi um prelúdio
Olhei a lua que segue sempre o rio
O passeio da harmonia nas pegadas
Sem falas vai movendo a vida.

Marquei na areia só o relevante
Brilhou dois grãos na cor âmbar
O sorriso vem do verbo amar.

Olho dentro do meu sentir valente
Caminho na rua como determino
Ouvindo o flautista do vago destino.
Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®


Um comentário:

  1. Olá, cara e estimada amiga.
    Depois de longa ausência, volto a lhe visitar e o faço me expressando em poucas palavras:
    “Que a Luz do Sagrado ilumine o vosso caminho...”
    Aceite meu abraço e até mais!

    ResponderExcluir

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.