Silêncio


Silêncio
Um silêncio em minha volta me transporta...
Um sentir sem nada para guardar,
como areias voando nas dunas...
Um mutismo na alma,
lembra a cor do deserto.
Os momentos são como um vento ligeiro ,
 as horas lembram miragens no oásis.
O meu interior parece nuvens,
voando no final da tarde.
Perdi o jeito de me olhar,
 flutuando nos rumos do agora.
A canção da ilusão cala minha poesia.
Eu adormeço na noite,
 tentando ler as estrelas.
Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Comentários

Postagens mais Visitadas

Solitude

Escrita de Fogo

Lirismo

Sutil Feitiço

Asas

O Sol , a Lua e o Poeta

Tarde Poética

Perfume de Poesia

O céu é de algodão doce.