Folhas do Meio Dia


Folhas do Meio Dia

Em um raio de sol desfaço tua mordaça
O meu desejo é sombra na  tua vidraça
No  ar as  sílabas são aroma de lavanda
Sonhos na varanda e beijos da ciranda.

Nos teus sentires os meus dedos te alisam
Toques de sedução na mordaça caminham
Ouço  tua voz quebrando nuvens distantes
Versejando novas lembranças no horizonte.

Nas folhas do meio dia deixo suspiros
Como passeios no jardim o doce delírio
Leia os prefácios para uma noite devassa.

Os teus sentires se movem ao meu lado
Como tesouros  de emoções  de agrado
Somos movimentos de alma que se enlaça.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



Comentários

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada