Seguidores

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Invocação


Invocação

Invoco o teu olhar em minha alva tenda
Tua audácia de rei no meu vestido de enleio
Os teus lábios gerenciando os meus seios
Tuas mãos alisando as minhas meias de seda.

Invoco o teu lume em meus abraços de amor
A tua voz rouca nas minhas caricias e gemidos
O teu pecado nos meus beijos desgovernados
E a tua paixão na minha urgência do teu calor

Então meu doce amado dos mares marinho
Não esquece que te olho da minha jangada
Sob as estrelas a te flagrar feito namorada.

E depois doce Amor me veste toda de carinho
Com a lua em festins para apaixonados rogo
Um verso das cinzas, o Amor renascendo do fogo.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®



quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Chuvas Poderosas




Chuvas Poderosas

O vento mostrava sua força,
Do céu vinha o granizo,
A água lavava o asfalto
E o movimento tudo arrastava...
Quando a chuva apertou
Até o céu gemeu...
Em um azul acinzentado
Perderam-se as aflições.
No silencio ficou a chuva
Caindo no vago instante...
E assim  maldisse um verso
Despedaçado em Amor.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Lavandas


Lavandas


No caminho
Seguem os passos
No balanço
Das folhas
Iluminando a alma.

Os rios também seguem,
Abastecem
Os afluentes
As folhas da nostalgia.
Correndo...

 Chuva branda lilás
Brinca nas nuvens
Caem no rio
Como essência
De lavandas
Correm nas águas da alma
Perfumando a vida
No solstício do sonho
Adormecem silenciando...

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®