Céu do Instinto



Céu do Instinto

O beijo da noite no céu do instinto
             Retiro os véus no teu reino tinto                 
Permito-me ensandecer na tua ação
Fogo de beijos é dança da paixão.


Retiro a minha veste na tua frente
Sem medo de ser ou não indecente
Quero apenas ver teu olhar perdido
Na minha nudez e teu sentir rendido.


O teu néctar nas intenções de sedas
E tua língua de verbos me alucinando
Teus braços e a voz me arrebatando.

Um vulcão consumindo minhas rendas
Esconde-me no teu peito sarraceno intenso
Perdi-me no teu beijo, na estese e o bom-senso...


Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®


Comentários

  1. Marli, querida, teu poema sensual é maravilhoso!
    Parabéns!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. em forma de soneto
    sensual e terno
    gostei

    beijo

    ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá Marli, querida amiga de longa data, agradeço sua companhia nesse ano de 2012 pois caminhar com você foi um presente que muito acrescentou no meu dia a dia.
    Desejo-lhe um Natal e um Ano Novo feliz, cheio de alegrias, sonhos, amor, saúde e paz!!
    Boas Festas!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada