Milhas de Saudades



Milhas de Saudades


Faz tanto tempo... Talvez tempo nenhum.
O nosso mundo esta fora  do relógio
Estamos suspensos em lugar algum...

Faz laços nas janelas do céu é o momento
Os ponteiros tropeçam nas estrelas
Do presente iluminando o dragão ciumento.

Nas labaredas da fascinação
 Caem os beijos dos nossos Eu amantes,
Sede perversa da paixão...

Sintonia de pensamentos,
Barcos de desejos intensos,
Na proa jogos dos juramentos.

A prova do amor no sal da palavra,
O querer nadando
No mar da lavra...

Ah! Nosso amor...
A luz pura  que ilumina nossas almas,
Contagia o nosso corpo, súplica o gosto do beijo
No calor do nosso abraço arrebatador...

O silencio é nossa voz azul noturno
  O nosso mar da sensação
Nas milhas de saudades, fulgura as ondas da atração.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®







Comentários

  1. Un gusto visitar tu espacio y leerte. Te dejo besos.

    Rolando

    ResponderExcluir
  2. Oi Marli
    Que poesia linda!
    Cheia de encantos e emoções
    Tudo que escreve é lindo...
    Beijos
    Bom final de semana
    Lua Singular e
    Mundo dos Inocentes

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê