Seguidores

terça-feira, 1 de maio de 2012

Sol de Abril

Sol de Abril

O desejo do teu olhar descobre meus seios
Em minhas mãos sílabas de paixão escorre
Enquanto a minha boca trilhas descobre
Que no teu deleite floresce meus entremeios.

Na areia do teu deserto, meu beduíno,
Verás as luzes dos meus colares de amor
E no teu peito o reflexo do sensual calor
Roubando da tua boca um beijo genuíno!

Ampliei tua visão no estúdio do meu sentido
Teu sol de abril brinca de tatuar meu umbigo
Liberta palavras do meu ventre para teu abrigo.

E tu na paisagem árida já não está perdido
Entre meus dourados seios teu amor comigo
Bebendo a poesia sem dor nem castigo.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

3 comentários:

  1. Marli, que sensualidade gostosa de ler e imaginar...!
    Ficou lindo, menina!
    Beijos e bom feriado.

    ResponderExcluir
  2. Sensual, romantico e rico em imagens poeticas!
    Parabéns pelo tema em poesia!Lindo, Marli!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Caro(a) amigo(a), boa tarde!

    Gostaria de convidá-lo a visitar a coluna Haicais de Domingo do Poetas de Marte

    A entrevista dessa semana é com o escritor português David Rodrigues.

    http://poetasdemarte.blogspot.com.br/2012/05/haicais-de-alem-mar.html

    Na coluna do próximo domingo, gostaria de contar com a participação dos que se emaranham na blogosfera.

    Elaborem um haicai homenageando a mulher mais importante de nossas vidas(não fiquem com vergonha) e mandem para o meu email:mat_amorim@hotmail.com

    A coluna "Mãe,Haicaí! Cuida de mim!" ficará muito melhor com a sua participação!

    Espero contar com a presença de muitos!

    Desde já, obrigado!

    Muita paz!

    ResponderExcluir

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.