Cartas II........Lembrança ao Meio Dia


Cartas  II........Lembrança ao Meio Dia


Sinto um tom alaranjado a palpitar de amores inspirando desejos...
Que tempo é este que passa meu doce amor, a voar em minha mente pedinte neste abandono que se instala incoerente.

Trago o peito rasgado em meus sonhos, doces quimeras de versos que lhe dedico nesta distancia que se interpõe em nossas vidas.

Quem dera meu único amado, pudesse eu ter a magia para correr nas nuvens e te abraçar em um só minuto a reviver nossa plena união.

A lágrima que cai agora me deixa ébria neste tormento que me faz viver, de tanto te amar e fico assim a te relembrar pelas avenidas que me inspira a versejar.

O teu olhar, doce amor, vem tão leve mergulhar em minha íris a encantar e neste fragmento do tempo me entrego, na doce ilusão de ter-te ainda assim em plenitude.

Beijo tua alma em luz que me irradia e nela sinto teu amor em todos meus dias, é neste tempo que vejo o quanto ainda sou feliz por viver contigo neste aconchego que nos é assim permitido.

O universo é dono de tantas magias que nos concede ainda a quimera mais doce da vida, vindo embalar este encontro furtivo no silencio do meio do dia.

Como saltar desta ilusão que me aquece, meu querido, se é em teus braços que me sinto ainda viver em pequenos consentimentos. E não importa se para isso ,o segundo seja só o tempo de uma lágrima a escorrer pela face e mergulhar nos beirais dos meus lábios sentindo teu doce aproximar.

Em meu coração pulsa teu nome, em minhas mãos ainda sinto teu calor, mas é na alma que mais sinto o amor que depositas em mim com tanto carinho.
De onde vem já não me pergunto, e para onde vai só penso que pode te alcançar esta sensação tão doce que me abraça na calma da tarde que aqui me enlaça.
Como posso procurar explicações reais, se me basta sentir a plenitude de tanto te amar...

*

*

*
Se um beijo meu pudesse

Depositar bem perto dos teus lábios

Eu mergulharia em teus olhos

A romper a imensa saudade

E te envolver cativa no abraço

Do amor que pulsa em minha vida

Ainda intenso a luz que passa de cada dia.

 

Comentários

Postagens mais Visitadas

O céu é de algodão doce.

Aves Místicas I - A Caçada

Sutil Feitiço

O Espantalho

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Um perfume de lavanda e um sorriso glacê