Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Imagem
Música e Voz - Silvia Occorso - Poeta e compositora
Letra / Poema: Eu Escrevo -  Marli Franco




Agradeço Silvia Occorso esta honra que com sua voz fantástica veio iluminar a luz da minha humilde Poesia. Gracias Silvia guardo aqui este presente como uma jóia preciosa.








Eu escrevo...

Eu escrevo com a voz sutil dos meus sentires
Os meus seios poéticos são alaúdes de convires
Que silenciam a posse do teu grito faminto
No reverso do tempo queima o vigor corinto.


Eu escrevo com o vento nos cabelos andantes
Olhar vigia as mudanças silábicas dos mirantes
Quando o teu sabor menta vem tocar em mudez
O teu beijo cai no meu ventre de idéias em xadrez.


Não esqueço a saudade andarilha ouro candeia
Nos teus olhos negros sou esmeralda na areia
No deserto recrio um oásis em amor peregrino.


Escrevo as lembranças no alfabeto místico das runas
A suave inspiração no tempo voa tão alto nas dunas
Como as flores do deserto balançam ao sabor do destino.


Marli Franco Direitos Autorais Reservados®

Um perfume de Ilusão

Imagem

Hora das Brumas

Imagem

Amuleto

Imagem

Escurece , sem lua...

Imagem
Escurece , sem lua...


Eram flores cobrindo o final da tarde de olhares
A calçada se desfazia colares no rolo de cimento
Um tapete cinza tão rasgado com flores e folhas
Nos rasgos o tom ocre escolhas combinado com o dia
Que se perdia no acinzentado das 4 horas das nuvens.
No caminho de sempre os passos sabem andar
Vagar leves, alegres sem preocupações rotineiras
A cada agora nascem novas as flores nas cantoneiras
Um dia ou outro, de uma nostalgia ao vértice da outra.

Ouvi a voz do céu, os acordes aguados da tempestade...
Pensei que era um Poeta rabiscando seus pecados,
Quem sabe talvez um Pintor imaginando o matiz
Do sol que não queria ficar apagado no alto do verão.

A tempestade parece e escurece tudo, sem lua...
Quando ando, ando pela rua,
A rua que tanto ando...
Escutando o som no meu íntimo em azul do infinito.
Inspiro a indagação envergando verdes cataclismos,
Sintonizo ao escutar o piano de Yruma, estou em casa...
Sem querer solto a tensão até meus dedos corarem,
No suspiro do dia, um final de ta…

Eu Escrevo...

Imagem

Talismã Circunscrito

Imagem

Dia 8 de março - Dia Internacional da Mulher!

Imagem
Aplausos a Fé , ao Amor e a Coragem  de todas as mulheres que iluminam a nossa Mãe Terra.

O Gato e o Guarda-Chuva

Imagem
Delírio!!!!!!
No ponto de ônibus mais uma vez abarrotado, a paulicéia desvairada em dias de chuva , lembra salão de carnaval a balbúrdia é geral.
Eu já acostumada com este mar de água e de gente tentando se apertar no abrigo do ponto de ônibus, fugindo da chuva ,fui violentamente empurrada.
Assustada tentei saber a razão deste empurrão que me jogou fora do abrigo, e nada mais nada menos era um tal de Sr. Gato.
Sim caros amigos, um gato meio estranho que no início tentei me afastar. Mas ele veio para cima de mim ,com uma torrente de palavras me acuado. Sem deixar nem sequer eu abrir a boca, que dirá afastá-lo de meus finos braços que já estavam empresados naquela parede gelada, pelo peso do Sr. Gato, que diga de passagem parecia simplesmente uma bola de basquete, a gordura era sólida.
Ah! Nesta empresada ele deixou cair seus óculos pretos com aros enormes que me engoliam sem piedade.
As outras pessoas olhando, assistindo aquele filme em câmara lenta no meio de uma ilha, de uma avenida …

Carnaval - Os Nossos Carnavais

Imagem


Carnaval - Fantasia na Avenida

Imagem