Hoje sinto-me em ti...



Hoje  sinto-me em ti...

Hoje sinto-me em ti...
Não olhes as teclas deste piano que chora
O tempo faz acertos e abre lacunas.
Entenda minha solidão acetinada.
Ela me fala baixo do teu amor, suave tão suave...
Ela traz o silencio e o antigo clamor,
O piano traz você, companhia em meu ser...
À noite esta chegando com ela às estrelas,
A tua presença me deixa etérea.
O teu olhar cálido brilha dentro de mim,
A tua voz contornando desejos meus e teus
Sempre fomos assim perfeitos, companheiros
E agora paralelos nesta e outra dimensão.



Olha-me além das teclas amor...
Olha no mundo de sonhos e simplicidade
Sei que assim era perfeito para ti e para mim...
E beija-me neste silêncio, os meus lábios serão sempre teus
Beija-me dentro da musica, a minha também fidelidade
Assim serei notas só tuas em teus dedos de amor.



Eu te sinto e como te sinto...
Anos sem te ver e, no entanto não vejo a distancia
Não importa mais, sinto tuas mãos secando as minhas lágrimas...
Não te perturbe, é bom demais te amar,
E como é bom te amar...
No final da noite serei serenidade aconchegada,
No final da musica suavidade doce e clara,
Adormecida em teu abraço.
Na margem de uma eterna saudade.


Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®


Tradução feita pelo Poeta Iben Xavier Lorenzana
a quem agradeço de coração,
 pois com este trabalho maravilhoso
 une nossos idiomas irmãos.


Hoy me siento en ti...



No mires las teclas de este piano que llora

El tiempo hace aciertos y abre fallas.

Entienda mi soledad satinada.

Ella me habla bajo de tu amor, suave tan suave...

Ella trae el silencio o el antiguo clamor,

El piano te trae, compañía en mi ser...

A la noche esta llegando con ella a las estrellas,

Tu presencia me deja etérea.

El tu mirar cálido brilla dentro de mí,

Tu voz contornando deseos míos y tuyos

Siempre fuimos así perfectos, compañeros

Y ahora paralelos en esta y otra dimensión.




 
Mírame más allá de las teclas amor...

Mira en el mundo de sueños y simplicidad
Sé que así era perfecto para ti y para mí...
Y me besa en este silencio, mis labios serán siempre tuyos
Bésame dentro de la música, de mi fidelidad también
Así seré notas sólo tuyas en tus dedos de amor.




Yo te siento y como te siento...

Años sin verte y, sin embargo no veo la distancia

No importa más, siento tus manos secando mis lágrimas...

No te perturbes, es demasiado bueno amarte,

Y como es bueno amarte...

Al final de la noche seré serenidad acogida,

Al final de la música suavidad dulce y clara,

Adormecida en tu abrazo

Al margen de una eterna saudade .




Comentários

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada