Doce Rito



Doce Rito

Quando o sentir voa em nossas cercanias
Vem a sensação no universo das delicias
Nos presenteia com a magia da criação
No teu afago me arrepio em fascinação.



Quando teus mimos na pele vem cingindo
A tua boca e teus dengos me seduzindo,
Intensa encontro o teu calor, surpreendo
No teu ninho perdida de paixão me rendo...



O teu jeito me deixa louca de muitos desejos
E teus braços poderosos me cercam de cortejos,
No centro do teu peito vivencio um doce rito.



Tu, Colosso de Rodes, a tocar as nuvens eu vejo
E na luz do teu farol o meu corpo como um vilarejo,
Na orla nua do mar Egeu beijando-te na cor do infinito.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®














Comentários

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada