Seguidores

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Aveludada


Aveludada



Eu sou como a boca da madrugada
Aquela que vem suave e calada,
Rodear teu pensamento.
Instalar um beijo sedento,
Nos teus lábios de lirismo.
Sem permissão,mas em sintonia...
Sentir-me nos teus braços aflorada...
Na tua paixão chama disfarçada,
De ilusões que me tocam misteriosas...
Nas tuas mãos em mim carinhosas,
Enquanto eu... Só te olho aveludada ,
Em segredos meus permaneço arrebatada.. .

       
   
Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!
A sua presença e comentário são um privilégio precioso.
Volte sempre é uma honra te receber em meu humilde espaço.
Um beijo de violetas.