Arco da Ventura


Arco  da Ventura


Será loucura... Quando os desejos se proclamarem sem segredos.
A tua voz ficará muda, em frestas teu olhar percebendo enredos
Em quanto eu, em ti deixo uma amostra do aroma do coração.
O único vestígio do amor, escorregando na palma da mão.



Será loucura... Os meus seios em teu peito em avalanche.
Um suspiro surgirá como uma tormenta em revanche...
Pediras mais, os meus abraços debulhando em carinhos.
Sem negar nada ,serei uma ventania em teu único caminho.



Nada permitirá, vendo nossas pernas entrelaçadas em um clarão...
Nas tuas noites desnudadas te levando ao meu ventre à germinar,
Enquanto tua boca será beijo do meus beijos êxtase e exaltação...



Em minutos e segundos ouvirá minha voz, com teu nome em gemidos.
Te tocando em um cello de belo suplício pelo infinito para aventurar.
Deixando registro incandescente, no arco da ventura em teu corpo detido...

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

Comentários

Postagens mais Visitadas

Sutil Feitiço

O céu é de algodão doce.

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Tarde Poética

Asas

Perfume de Poesia