Um dia de sol...

Um dia de sol...


 
Um dia de sol ,toque de calor, a cor dourada da natureza ..
O matiz perfeito da querência...
Saúdo as minhas anotações marcadas , destacadas só para você dentro do meu coração...
Em cada dia que passa mais uma página se vira , dobra a esquina da nostalgia e repousa no laço da saudade.Eu vou seguindo na página seguinte com a caneta fazendo rabiscos, sem letras elas caem quando chega o crepúsculo indignadas de tanto esperar , enquanto eu passei momentos fazendo arabescos de tantas cores movendo ventanias em mim .
O sol hoje esta brilhando lá fora, meu caderno esta calado, minha voz muda e nos meus lábios existe um batom de fascinação, mas tudo em mim fica e continuará escondido,neste meu ostracismo vigilante.
O dia passa do meio dia, a tarde esta se refazendo de nuances azuis no céu, vejo nuvens da janela sorrindo, monopolizando atenção do vento arteiro, que sabe rodopiar as saias de algodão, sabe mostrar as pernas das alturas e deslizar no azul como um esqui desliza no meio das ondas.
O relógio da sala grita as horas, me assusto com as lembranças que novamente marquei para você no caderno...
O silêncio se quebra como um gelo no ártico...
Tenho que seguir a vontade dos ponteiros,calar o meu eu que insiste em me elevar lá no fundo da página,...Lá onde havia lágrimas no teu rosto ou seria no meu? .Já não sei mais, quando acaba o meu ser e quando o teu esta iniciando em mim...
Coloco um ponto final no papel.
E sigo o dia...
O sol me sorri,quando saio na rua , aquece minha alma.O vento levanta a barra da minha saia, a rua me assalta com um assobio abusado , acelero meus passos dou um sorriso para o céu e sigo na tarde sem mais pensar na noite da minha alma.

Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

Comentários

Postagens mais Visitadas

Sutil Feitiço

O céu é de algodão doce.

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Tarde Poética

Asas

Perfume de Poesia