VIII Carta de Amor - O Passeio do Amor



VIII Carta de Amor    - O Passeio do Amor


A noite caiu tão silenciosa...
O céu azulão devorou as palavras que se espalhavam no assoalho.
Embaralhadas queriam a carta para te encontrar;queriam meu ser e o teu se tocar neste silêncio da noite...Da nossa noite caindo, sem cansaço...
Noite suave , fractais em mim e em ti vagando encaixando o nosso sentir.
A carta sempre nos acolhe ,recebe em secretos desejos puros . Voa nas linhas de nós,nas mãos unidas como andarilhos do cosmo .
O teu olhar me cobre na linha, sorrisos teus e meus, afagos no coração e ternura em nossa comunhão de pensamentos.
A carta aproxima o meu eu de ti,explora sem preocupação a tua presença.És a luz da minha essência , alimento da minha estesia.
O teu ombro me chama para o repouso, tuas mãos me enlaçam.Um piano toca lá no fundo da página sem quebrar nossa ligação.
Não faço mais perguntas tudo transcende em nós e o Amor nos protege.O nosso amor nos guia, separa e aproxima e assim estou em saudade suprema a te amar, êxtase da emoção mais pura...
Te olho e repouso novamente em teu ombro, e cai a paz infinita em mim. Entrego-me na essência quântica, sou energizada é tão sublime o reparo da energia vital;saboreio estou em você amor da minha vida.
O piano ainda toca no final da página, tua voz faz sussurros e eu te sorrio e a luz alastra nossas auras em conexão pura.
O coração fala e o pensamento traduz tudo, você me beija e eu me entrego em total abandono e plenitude onde o Amor , o nosso amor desejar nos levar para passear.
O piano silencia na página, eu e você voltamos sorrindo...
As flores deixaram o perfume do passeio em nós. As nossas mãos e olhares desligam cientes do Amor , na última linha que flui até o fim para seguirmos nosso caminho...
O nosso caminho nas paralelas até um outro momento em outra carta do silêncio.




Comentários

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada