Girassóis ao Luar



Girassóis ao Luar


Eu rompi o círculo tênue das palavras refreadas...

O sentimento enredado de conjecturas passadas,

Aromas de uma loucura na colina do calendário

Coberto pelo veludo azulado da noite de maio.



Eu rompi o círculo das palavras tantas contidas...

A voz que impera nos sentidos sussurra vencida.

A sensação plena , de tudo e do nada paralela

Igual os girassóis ao luar quando olho da janela...



Eu te vi e você veio, distantes no entanto alinhados.

A visão pura do encontro um ato de nós alinhavado.

A nossa impressão é relevo na pirâmide, um doce vício

De querer mais amanhãs neste teu relógio egípcio.



O momento ficou diferente , clemente e intenso...

Ultrapassou os sessenta minutos no ar suspenso.

E agora que estou com todas as palavras libertas...

Fiquei muda... Silente só os gestos na tradução da linguagem.



Marli Franco
Direitos Autorais Reservados®

Comentários

Postagens mais Visitadas

Poema musicalizado "Eu Escrevo"

Plataforma Dourada

Aves Místicas I - A Caçada